O Instagram vai começar a notificar as contas que correrem o risco de desativação por posts e comportamento inadequados, para que o usuário repense

A atualização tem como objetivo detectar e remover mais rapidamente contas que violam os termos de uso da plataforma. O anúncio da nova política de desativação de contas da rede social foi feito nesta quinta-feira.

A mudança também permitirá que usuários recorram caso um post seja deletado por suspeita de nudez, bullying, discurso de ódio, venda de drogas e outras acusações. O Instagram já bane perfis que publicam certa quantidade de conteúdo impróprio, e a partir de hoje passará a excluir usuários que violarem as diretrizes em um determinado período de tempo.

Dentro da nova política do Instagram, o usuário será avisado quando um post seu violar as regras da rede social. A mensagem detalha as Diretrizes da Comunidade e explica de que forma a publicação desrespeita os termos de uso do Instagram.

Será possível, então, recorrer à decisão de remoção do conteúdo no caso de suspeita de nudez e pornografia, assédio e bullying, discurso de ódio, venda de drogas e terrorismo.

O Instagram remove contas da plataforma de acordo com o número de vezes que ela desrespeitou as regras da plataforma. Agora, também serão excluídos perfis que violarem as diretrizes em um determinado período de tempo. Ou seja, se uma conta desrespeitar as regras mais de uma vez em um curto espaço de tempo, ela terá mais chances de ser excluída da rede social.

Perfis prestes a serem removidos da rede social serão notificados da possível desativação. O aviso “sua conta pode ser excluída” alerta ao usuário que ele não deve cometer mais violações, senão será expulso do Instagram.

A mensagem também lista todas as ações cometidas fora das diretrizes da plataforma. Vale lembrar que também é possível recorrer no caso de contas desativadas por violação dos termos de uso. A opção pode ser acessada a partir da Central de Ajuda da rede social.