Neste blog post você conhecerá um recurso não tão antigo do Instagram que promete ajudar na comunicação entre você e o seu cliente de forma simples. Confira!

Instagram é uma das redes sociais que mais cresce no Brasil. Em 2017, a plataforma já contava com mais de 50 milhões de contas ativas. Além da popularização dos perfis pessoais, as contas empresarias estão ganhando cada vez mais espaço e ter ou não ter uma conta ativa e atualizada na rede, pode viabilizar ou não um aumento nas vendas de uma empresa, já que o app tornou-se um dos maiores canais de buscas pelos consumidores. Segundo dados da Sprout Social, cerca de 70,7% das empresas estão usando o Instagram e 80% dos usuários do Instagram seguem pelo menos uma empresa em seus perfis. Dessa forma, não dá para perder tempo e ficar fora do mundo digital.

Visando melhorar a comunicação empresa-consumidor foi lançado o Instagram Shopping para contas comerciais. O recurso possibilita publicar fotos, inserindo etiquetas de preços sobre os itens que estão à venda (de forma parecida com a marcação de usuários). Logo, fotos com produtos à venda mostram uma sacolinha de compras no canto da tela. O usuário precisará somente tocar sobre a imagem para visualizar o preço e serão exibidas as informações sobre o produto. colocar preço no instagram.

Como ativar a opção?

Veja o exemplo a Loja Via Mia:

  1. Foi preciso criar uma página (fan page) no Facebook;
  2. Logo após, realizar o cadastro dos produtos na opção Loja, que o próprio Facebook disponibiliza;
  3. Se a página já estiver integrada ao Instagram, ótimo! Se não, você precisará integrar através do menu de configurações. 
  4. Quando tudo estiver configurado, basta escolher a imagem e marcar os produtos.

Separei 3 exemplos de lojas que já aderiram à funcionalidade. É importante ressaltar que apesar dos exemplos englobarem somente o segmento da moda, o recurso está disponível para qualquer segmento, desde que você possua um catálogo de produtos e os disponibilize no Facebook.

2. Loja OqVestir – Roupas e sapatos (@oqvestir)

Por Isabel Melo do time: Trakto